Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Pulseirinha da Sabrina: monte a sua!

Imagem
Ontem no dia do meu 39o aniversário eu ganhei de presente uma linda pulseira My Story com berloques e muranos - uma pulseira estilosa e mara! E eu gostei tanto dela, mas tanto que eu batizei ela de "pulseirinha da Sabrina". 
De acordo com o que diz o capítulo 20 do livro Contos e Temas-Livres ("A Garota e o Golfinho"), Sabrina Thalassos, uma garota de 17 anos, relembra que a pulseira de sua mãe Antillia sumiu havia três anos e meio no fundo do mar quando Antillia foi sequestrada e morta pelos bandidos mas que seu amigo Sandy Ricks, Sabrina e Flipper precisavam resgatar a pulseira no fundo do mar. Sabrina encontou e passou a usar a pulseira (que era da mãe dela já falecida no fundo do mar) e desde aquele dia fez dela um lindo tesouro. É por isso que sua pulseira - que é feita de prata, pérola e diamantes - é chama de Pulseirinha da Sabrina, como é chamada assim.  
A pulseirinha de berloques é como um diário: cada berloque, um momento inesquecível que merece ser gua…

As 12 músicas pra acordar sereia e bancar o marujo

Imagem
A sereia Nyah adora curtir uma música, de preferência que fale do mar, sereias e marinheiros. Por isso preparei uma playlist só com músicas com uma temática só: o mar. E é pra você que curte uma praia, aproveita o mar ou vai sereiar! Vamos lá? Prepare seu Mp3 player ou iPod!


Sereia - Roberto Carlos



O tema da Ritinha (Ísis Valverde) da novela A Força do Querer que está conquistando não só quem quer ser uma sereia, mas o Brasil todo - e a mais pedida nas airwaves de todo o país! A gente adora escutar essa música do início ao fim. Éigua!




Captain Nemo - Sarah Brightman



"Captain Nemo", hit de Sarah Brightman em 1993, tem base no livro de Júlio Verne Vinte Mil Léguas Submarinas. Uma música náutica que serve de trilha sonora para navegar e mergulhar fundo!



Marujo - Chimarruts



A banda Chimarruts, quem diria, fez uma música reggae chamada "Marujo". Ideal para curtir um surfe ou passear de escuna em plena enseada.



Sailing on the Tide - Tony Peluso



O musicista Tony Peluso (falec…

Fazendo pedido a uma estrela brilhante

Imagem
Já pensou você fazendo um pedido a uma estrela sob o céu noturno? Que maravilha! A Laura Sheridan também! Mas você sabe de onde vem essa tradição? A lenda conta que ela começou na Grécia por volta do ano 150 a.C. 
O astrônomo Ptolomeu disse, certa vez, que quando os deuses estavam entediados eles ficavam espiando a Terra. Seria nesse momento, então, que algumas estrelas se desprendiam do céu e cruzavam nosso espaço. Por isso, fazer um pedido nessa hora teria uma garantia a mais de ele ser atendido, já que os deuses estariam olhando para nós naquele exato instante. 
Essa tradição já dura mais de 2 mil anos e tem variações ao redor do mundo. No Chile, por exemplo, você precisa pegar uma pedra enquanto faz o pedido. Já nas Filipinas, é necessário dar um nó em um lenço para seu desejo ser atendido. Legal, né? 
Além de olhar para a primeira estrela da noite e fazer um pedido a ela, existe também outra maneira de você fazer os pedidos a uma estrela. Aqui vão as instruções que a Laurinha va…

Imagem do momento: #MeuTanabataMatsuri

Imagem
Meu Tanabata Matsuri (quadro em 3D; eu que fiz pra celebrar o Festival das Estrelas). 
Gostou do que eu fiz? Que bom, né? Faça como eu, aprenda a enfeitar o bambu de tanzakus lendo a postagem anterior!

Tanabata Matsuri

Imagem
A primeira vez que eu comemorei o Tanabata Matsuri foi em 2015. Me tornei a primeira brasileira a aprender com os japoneses (sem sair de casa nem do país) a fazer os pedidos às estrelas Altair e Vega através de tanzakus e outros ornamentos pendurados nos galhos do bambu. Achei interessante e como uma excelente admiradora respeitosa da cultura japonesa encontrei na internet referências sobre o assunto. Desde então, passei a comemorar o Tanabata todos os anos, de preferência no dia 7 de julho. E eu acreditava que as 2 estrelas atenderiam os pedidos. E, com certeza, atendem!
Bem, só lembrando que no dia 7 de julho vai ter o Festival das Estrelas e você está convidado! Se você tem o bambu, faz o seguinte: decore-o com tirinhas de papel e não se esqueça do tanzaku. Se não tem bambu, não tem problema: ou desenhe seu bambu no papel A4 ou imagine um antes de fazer o pedido. Pra isso, a gente te dá uma forcinha pra que dê tudo certo. Contamos com a ajuda dos dois personagens do meu livro Cont…

Coincidência: eu e Misha, Misha e eu!

Imagem
COINCIDÊNCIA! Eu nasci em 1978. Misha nasceu em 1980. Em 19 de julho. No dia 19, vai fazer 37 anos que as Olimpíadas de Moscou tinham início (enquanto eu tinha completado 2 anos de idade). Isso porque eu e os Jogos Olímpicos de Moscou temos 2 anos de diferença! 
- Tatianna Raquel